16/07/16


O verão chegou! Motivo de entusiasmo para alguns, para outros, como eu, nem por isso. É a tensão baixa que reduz ainda mais, são as tonturas associadas, o cansaço exagerado que se acentua... sabem que adoro o Inverno, tenho os meus motivos. Com o verão, abre também a época das saladas, dos pratos leves e frescos. Esta semana por cá, o menu vai contemplar:


Sábado, 16 Julho - Lombo de porco recheado no forno com laranja acompanhado de legumes salteados
Domingo, 17 Julho - Salada colorida de espirais [espirais, feijão verde, cenoura, alface, queijo e fiambre]
Segunda, 18 Julho - Tabuleiro de frango com chouriço e alecrim
Terça, 19 Julho - Arroz de peixe
Quarta, 20 Julho - Salada de arroz [arroz, mistura de legumes cozidos, atum, fiambre, queijo]
Quinta, 21 Julho - Cotovelinhos gratinados com salsicha
Sexta, 22 Julho - Improviso



13/05/16

A vida nem sempre nos permite uns minutos para respirar e se há algo que condeno sinceramente é esta minha incapacidade de assumir todos os compromissos, o blogue é um deles. Diversas foram as vezes em que jurei que esta lacuna ia mudar, mas outras tantas deixei-vos às escuras. A nova realidade, a minha princesa, as condicionantes actuais levaram a uma desmotivação que preferi não partilhar pois não são coisas minhas.
 
Não parei com a organização, mas preciso de um tempo para redefinir as minhas prioridades e entrar no esquema. Muitas são as circunstâncias em que penso que vou assumir o controlo de tudo e descamba qual castelo de areia pela necessidade de descansar mais do que devia em consequência da nova realidade que é a DB, o stress e as condicionantes diárias.
 
Se quero mudar? Sim. Se esqueci os leitores? Não. Se pretendo fechar o blogue? Nunca. E por estes motivos, voltei aqui para vos dizer que lamento, que vou tentar ser mais assertiva e rigorosa convosco e que irei considerar-vos na minha agenda, em algum pedaço que me permita escrever um pouco, ainda que muito pouco de vez em quando.
 
Podia tecer considerações sobre a doença, reportar-vos ansiedades e medos, escrever sobre as mais diversas vivências que tenho tido,  mas não faz parte da minha essência positiva estar a descrever realidades a que terei de me habituar porque sim, porque farão parte da minha vida até ao final dos meus dias. Afinal, este blogue não é dedicado a lamúrias mas a motivações mais concretas, certo?
 
Hoje é dia de Maria, dia da mãe de Jesus e dia de todas as mães que por este mundo fora abdicam de tudo em prol dos seus filhotes maravilhosos, por isso, fica um beijo sincero a todas as mães! Aproveitem cada minuto e sejam felizes!
 
 
 
 

02/01/16



Como sabem, tenho a ajuda da nova amiga Bimby para que o tempo se estenda um pouco mais. Os meus menus agora são organizados de uma outra forma. Tenho acesso a uma plataforma que me permite organizar os menus e enviar logo a lista de compras para o email. Facilita imenso. Para esta semana temos: 

Sexta: Rolo de carne com batata assada e migas
Sábado: Bacalhau à Zé Pipo
Domingo: Frango guisado com esparguete
Segunda: Francesinha
Terça: Peitos de frango pizzaiola 
Quarta: Carne de porco à portuguesa
Quinta: Improviso
Sexta: Pescada gratinada com iogurte

01/01/16




O ano de 2015 foi atípico. Não serve de nada fazer um balanço mais alargado que este. Muitas coisas negativas aconteceram à minha volta, resumo dizendo que se tratou de um ano de transformação em todos os níveis. O final do ano foi pautada pela notícia de uma nova realidade, o resultado de tantos exames e descobertas... fui presenteada com a DB  - Behçet. Uma nova realidade que me fez passar pelo desânimo e negação e penso que actualmente estou a passar pela fase da aceitação e resignação. Pelo meio houve uma sucessão de acontecimentos... O novo ano de 2016 inicia com o meu habitual optimismo e com uma energia que espero renovada.  

27/08/15

Armário - Cápsula (A minha experiência)

Após um período de tentativa do uso do armário cápsula e por muita curiosidade que esta temática me tenha solicitado, informo que desisti da ideia. Efectivamente será positivo, mas prefiro a minha técnica anterior de preparação dos looks e continuar a usar a minha roupa toda para esse efeito. É diferente ter várias semanas de looks preparada ou ter de andar a lavar, secar e passar para conseguir vestir. Estou mais tranquila com o meu velho método, sinto que tenho tudo mais controlado. Partilho a minha experiência, falei um pouco da temática, mas ficamos mesmo por aqui, adopto os looks diários de outros tempos e fico mais feliz. Alguém testou? Como correu a vossa experiência?





26/08/15

O tempo foi passando e o blogue ficou meio esquecido. Em parte porque tive as férias, depois veio uma encomenda para uma noivinha querida e de seguida a recepção do Grupo Folclórico de Santa Cruz, resultado do intercâmbio do rancho a que pertenço. E com tantas coisas para tratar, fazer e acompanhar, acabei por me ausentar mais do que pretendia. Neste tempo produzi 100 pulseiras, fiz um quadro, acabei outro e fui de férias para a Madeira, em Julho e para Foz de Alge em Agosto. Foram dias de animação, trabalho e descontração que muito aprecio. Ficam para breve alguns posts com estas vivências. Vamos voltar a fazer este blogue mexer um bocadinho? Agradeço comentário, ok? Porque a maioria das vezes sinto que estou a falar sozinha... tipo desabafo.

01/07/15

A vida cá por casa

Tudo tranquilo no ambiente familiar. A nossa princesa está cada vez mais espertalhona e teimosa também. No entanto, nota-a uma menina muito meiga e preocupada com os outros. A minha realidade começa a alterar um pouco... novos resultados de exames e consulta médica que me deram notícias menos animadoras. Mas, em complemento, tive uma mega encomenda de pulseiras para um casamento que me deixa muito animada. Além disso, lembram-se do bloqueio ao quadro que andava a fazer? Tenho de o ter pronto até ao dia 17/07 e no dia da consulta fiquei em casa, tirei férias, aproveitei a manhã para dedicar à pintura e dei um bom avanço. Mais umas duas manhãs e fica terminado. Nem tudo são más noticias afinal! Estou efectivamente com uma doença, mas foi-me dada a possibilidade de me dedicar ao que mais gosto! Uma coisa não substitui a outra, mas a positiva dá-me energia e faz com que me abstraia da negativa um pouco, para não pensar tanto no assunto.